ProtesesDentarias.com

A Prótese Dentária sem segredos


 

Dor na colocação ou uso de próteses dentárias

A dor é comum nos utilizadores de próteses dentárias. Há dores que fazem parte do período de adaptação e outras que podem ser sinal de algo mais grave. As três principais causas de dor dizem respeito às gengivas inchadas, às ulceras de pressão é os maxilares doridos. Vejamos então com mais detalhe, cada um destes tipos de dor.

Dor causada por próteses mal ajustadas

Por vezes a dor nasce devido a um ajuste mal sucedido das próteses. Pode ocorrer que fique demasiado solto e isso provoca inchaço. Obviamente que se a prótese não estiver bem preparada para a estrutura da boca, isso irá provocar pressão em algumas áreas, o que certamente causará dor.

Isto é particularmente grave quando estamos perante casos de próteses demasiado pequenas para as gengivas do paciente. A dor nestes casos é enorme, para além dos possíveis ferimentos devido à pressão da prótese dentária nas superfícies onde assenta, as gengivas.

Dor causada pelo “mau uso” das próteses

A dor pode ser provocada por uma pressão excessiva ao morder ou ao mastigar. A gengiva está “presa” entre o osso e a prótese e quando colocado sobre pressão provoca dor. Tentar por exemplo, morder um pouco de maça com os dentes da frente podem provocar essa dor.
As dentaduras normais não estão preparadas para funcionar assim. Acontecerá sempre o mesmo assim que tiver de mastigar algo mais duro. Portanto, quem usa próteses totais devem cortar os alimentos duros das suas refeições.

Terá de perceber algo muito importante: usar dentaduras, é totalmente diferente de se ter dentes naturais. A pressão que pode e deve usar na mastigação dos alimentos terá de ser menor.

Dor provocada pelo inchaço ou contração das gengivas

O inchaço ou a contração das gengivas pode arruinar o encaixe outrora perfeita da sua prótese. Há vários motivos para que as suas gengivas mudem de configuração, inchando ou ficando mais pequenas. Quando se adoece, por vezes as consequências não são visíveis, entre elas poderá estar a alteração morfológica das suas gengivas. E quando isto acontece com quem usa próteses, a consequência mais vulgar é a dor no uso das dentaduras (só para usar um exemplo de prótese).

Se as suas gengivas e ossos estiverem a sofrer danos, as próteses podem vir a não funcionar mais, pois foram criadas com o tamanho certo para encaixar na perfeição. As dentaduras podem ser ajustadas periodicamente para facilitar, no entanto, deve acompanhar-se o caso.

Conclusão

A dor é uma queixa comum para quem usa próteses dentárias, num momento ou noutro. A chave para eliminar a dor provocada pelo uso de próteses é visitar o seu dentista logo que estas surgirem. Um diagnóstico precoce da causa da dor, poderá representar a um alívio enorme e evitar que sofra sem necessidade. Já sabe, logo que comece a doer, visite o seu dentista, não espere que a dor piore.

Patrocínios
16-07-2012| Arquivado em A adaptação à prótese| 0 Comentários| Tags:

Escreva aqui o seu comentário