ProtesesDentarias.com

A Prótese Dentária sem segredos


 

Tipos de proteses dentárias

Antes de nos referirmos a que tipos de próteses dentárias poderá encontrar, será talvez importante dar-lhe uma noção mais clara do que é afinal uma prótese e então de seguida explicar-lhe de forma mais clara a forma como se classificam.

Uma prótese dentária é o quê afinal?

A prótese dentária é um dispositivo que tem como objectivo único a substituição ou reposição de dentes perdidos e as suas estruturas adjacentes, através de elementos artificiais que permitem-lhe imitar de forma bastante eficaz dentes e até gengivas. São construídas em compósitos e materiais bastante diferenciados, tais como resinas (as chamadas próteses flexíveis), cerâmicas e até metal.

Como têm por objectivo suprir a falta de dentes, a sua função é no fundo a de restituir as funções mastigatórias de forma eficaz e ao mesmo tempo corrigir esteticamente a boca e dentição do paciente. Ao contrário dos implantes dentários, não são a melhor opção estética, mas no entanto são muito mais acessíveis em termos de custos. Também não terão a mesma eficácia em termos da mastigação e até durabilidade dos materiais, mas como havia sido dito, acabam por ser a única escolha quando financeiramente não é possível optar por outro tratamento.

Que tipos de próteses dentárias existem?

Há várias formas de classificar as próteses dentárias, mas poder-se-ão resumir a três:

  • quanto à extensão da prótese;
  • tipo de suporte
  • tipo de fixação.

Passemos então a explicitar mais detalhadamente cada um dos tipos de prótese dentária:

  1. Próteses dentárias segundo a sua extensão. As próteses dentárias podem ser:
    • unitárias – no caso de substituírem por exemplo apenas um dente
    • parciais – as próteses de substituição de 2/3 ou mais dentes
    • totais – quando não há dentição alguma e toda a função mastigatória tem de ser reposta com um dispositivo que o faça para a totalidade da dentição
  2. Tipo de suporte que fixa a prótese dentária
  3. Iremos referir os casos mais comuns de fixação de próteses, pois na realidade, há diversas formas de suportar estas estruturas. As próteses dentárias podem ser suportadas nas estruturas de outros dentes (as chamadas pontes), podem fixar-se à mucosa mastigatória (o caso das chamadas dentaduras), pode também optar-se pela fixação em implantes, as chamadas próteses sobre implantes. Em casos comuns de próteses parciais que têm de eliminar a falta de dentes e lados opostos da arcada dental, é comum optar-se por um misto entre a fixação na mucosa mastigatória e a fixação com a ajuda de dentes remanescentes.
  4. Tipo de fixação: as próteses fixas e as removíveis
  5. A forma mais comum de classificar as próteses dentárias é pelo atributo do tipo de fixação, se se tratam de próteses que se podem retirar no dia-a-dia, as próteses removíveis, ou se pelo contrário são fixas (pelo diversos métodos referidos acima). Para além da fixação estas próteses diferem enormemente pela forma como é efectuada a sua higienização. Se por um lado as próteses removíveis são de uma higienização muito mais fácil, já que a sua remoção permite até desinfectá-las, as próteses fixas podem apenas ser limpas pelo método da escovagem dental comum, estando até de certa forma restrito o uso de fio dentário para quem tem próteses fixas, pois deve ter cuidado suplementares no seu manuseamento.

Tantos tipos de prótese… Qual devo escolher?

Sim, é verdade que existe uma panóplia enorme na classificação de próteses dentárias e tal pode levar a alguns equívocos. Um deles é o de julgar que existe uma infinidade de próteses, na realidade tal não corresponde à verdade. Aliás, por razões diversas, principalmente económicas, grande parte das próteses que os dentistas colocam são as removíveis, falamos das que são vulgarmente conhecidas como dentaduras.

Além disso, é importante referir que para cada caso é aplicada uma prótese mais adequada. E nem sempre é possível dar ao paciente a escolha entre próteses, a opção deve ser feita tomando em conta não só o resultado que pretende o paciente, mas também suas possibilidades económicas e até suas exigências estéticas.
Como vê não é tanto uma questão de escolha da prótese, mas antes uma questão de adequar a prótese certa a cada caso. estéticas. Assim, qualquer profissional de saúde deve demonstrar ao seu paciente os tipos de próteses que este pode colocar, explicar-lhe as vantagens e desvantagens destas e deve acima de tudo ouvi-lo e tentar optar pela solução mais eficaz.

Patrocínios

87 comentários

  1. JORONIMO disse:

    Bem, para situar-me nesta questão de prótese flexível relevei sua base em polímero, principalmente em função que de que isso foi uma das plataformas de pesquisa por ocasião do curso de Pós-Graduação doutorado. Mas, a grande maioria dos cirurgiões dentistas não trabalham com esse tipo de prótese. Por estar com 70 anos e estar precisando da inserção de uma prótese dentária, então recorri a DENTIKA aqui em Carapicuíba, vamos ver o que acontece. CLOVIS

  2. Enock de souza disse:

    Se eu colocar uma prótese (ponte),posso usar aparelho ortodôntico??

  3. JUREMA disse:

    OLA GOSTARIA DE SABER SE TEM PRÓTESE DE SILICONE EU USO AS DUAS TOTAL DE ACRILICA MAIS NAO COM SIGO ME ADAPITAR DOI MUITO É UMA SENÇAO MUITO RUM E SISTE DE SILICONE POR FAVOR ME RESPONDA SOU DE PORTO ALEGRE RS OBRIGADO

  4. ileoni duarte disse:

    nao tenho nem 1 dente na boca uso dentaduras e tenho muita vergonha de abrir a boca a inferior rebola na boca kk , sumiu a gengiva , tenho 57 anos gostaria muito de arrumar fixa e n tenho poder de dim dim ,como poderia faser pra ageitar ,gostaria q me informaçe se da faser uma de cd vez a superior empurrou musculatura pa garganta tem me incomodado , me oriente q faço

    • admin disse:

      Coloque uma dentadura, o mais rápido possível. Quanto aos outros problemas que tiveram origem na perda dos dentes, não há muito a fazer.

  5. Vera disse:

    Olá
    Pretendo fazer novas proteses nesta semana;
    superior total
    e inferior parcial
    Qual melhor marca de material tanto os dentes como a própria prótese, que peço, para meu técnico em próteses, pois já faço com ele alguns anos? E as pessoas comentam que são muito bem feitas pois não deixam transparecer dentadura.
    Agradeço desde já e aguardo um retorno breve
    Atenciosamente
    Vera

Escreva aqui o seu comentário